PLANTA AMAZÔNICA PODE AJUDAR DOENTES DE ALZHEIMER A CRIAR NOVOS NEURÔNIOS

saiba um pouco mais sobre...

Chamada de camapu, a planta amazônica tem o poder de produzir novos neurônios no hipocampo, sendo útil no tratamento de doentes de Alzheimer.

O caminho para um tratamento eficaz de doenças neurodegenerativas, como o Alzheimer, pode estar bem mais perto do que você pensava. Uma substância encontrada no caule de uma planta amazônica poderá ser usada em medicamentos fitoterápicos para o combate ao Alzheimer.

A planta chamada camapu, encontrada nas regiões do interior do Pará e na periferia de Belém, é muito conhecida por sua atividade antiprotozoária e anti-inflamatória. Pesquisadores da Universidade Federal do Pará descobriram que uma substância encontrada nessa planta tem o poder de estimular a produção de novos neurônios no hipocampo, região do cérebro associada à memória.

 

Com a produção de novos neurônios, estimulados pela substância, é provável que haja novas conexões entre as células do cérebro, revertendo à perda da memória recente, característica comum em doentes de Alzheimer.

Os cientistas também apostam que, ao usar o medicamento à base do camapu, também seja possível uma reversão da morte neural, muito comum em pacientes que apresentam depressão.

“Estamos falando da criação de novos neurônios, algo que não era possível a um tempo atrás”, diz Milton Nascimento dos Santos, do Grupo de Pesquisas Bioprospecção de Moléculas Ativas da Flora Amazônicada da Universidade Federal do Pará.

Os testes já estão sendo feitos em ratos de laboratório; o próximo passo serão os testes clínicos e a viabilidade de produzir essa substância em larga escala. Hoje, sabe-se que uma das possibilidades de criar novos neurônios se dá através de exercícios para o cérebro.

 

Categorias
GeralNotíciasSaúdeVariedades

Criador do Neurotópicos, é Pedagogo, Neuropsicopedagogo e Estudioso de Filosofia Oriental há 30 anos, defende a prática da meditação para uma saúde física e mental plenas. Busca divulgar seu trabalho na área da educação como uma importante ferramenta a educadores.

ARTIGOS RELACIONADOS

  • Dificuldade de Aprendizagem

    Dificuldade de aprendizagem é uma expressão que se refere a um grupo heterogêneo de distúrbios manifestados por dificuldades intensas na aquisição e utilização da compreensão auditiva, da fala, da...
  • Consumo de açúcar e alterações neurológicas

    O consumo excessivo de alimentos açucarados tem sido associado a uma série de alterações neurológicas, uma vez que o açúcar pode predispor ao aumento de citocinas inflamatórias que prejudicam...
  • PRATICAR YOGA AJUDA A PROTEGER O CÉREBRO

    O método minimiza problemas relacionados à memória e à atenção… Além de melhorar a flexibilidade, tonificar os músculos, aumentar o poder de concentração e ajudar a relaxar, a yoga...
  • Fisioterapia Respiratória

    FISIOTERAPIA RESPIRATÓRIA As diversas técnicas de fisioterapia respiratória são muito úteis para melhorar a função pulmonar e para favorecer a expulsão de secreções em pessoas afetadas por doenças broncopulmonares....