A importância da respiração

Conhecer um pouco mais sobre esta função só foi possível devido à atenção especial dedicada pelos chineses. Os Chineses buscavam absorver os sopros aéreos externos com a finalidade de...

Conhecer um pouco mais sobre esta função só foi possível devido à atenção especial dedicada pelos chineses.

Os Chineses buscavam absorver os sopros aéreos externos com a finalidade de prolongar sua vitalidade e enriquecer o próprio corpo através da troca do sopro interno pelo externo.

Na obra Taoísta, Zhuangzi, do século IV a.C. já se fazia menção de métodos respiratórios que consistiam em absorver o novo e descartar o velho.

Tu Gu Na Xin – Essa frase deu origem à expressão “Técnicas de Rejeição e Absorção” para designar exercícios respiratórios em geral.

Atualmente emprega-se “Trabalho do Sopro” (Qigong) que não designa somente à exercícios respiratórios, mas também sobre energia.

Na Medicina da China antiga, acreditava-se que os exercícios respiratórios tinham uma imensa capacidade de curar males e melhorar a saúde em geral.

Os aspectos trabalhados eram basicamente:

  • Postura do Corpo;
  • Respiração (exercícios como técnica e terapia);
  • Controle da Mente.

Acreditava-se que dominando os três pontos, certamente, a pessoa gozará de uma saúde física e mental.

Com isso, a Respiração passou a exercer um papel importante e essencial na vida do indivíduo, pois, não só ela era essencial para a nossa vida como também era responsável pela saúde mental e consequentemente física do indivíduo.

A ‘Respiração’ produz uma sensação de bem estar e com isso diminui níveis de estresse e doenças psicossomáticas (produzidas pela mente).

Uma Respiração Calma e profunda poderá resultar positivamente em inúmeros fatores do seu dia-dia, pois, auxilia no aumento da calma interior.

“A concentração mental é ainda mais difícil, e é improvável que você venha a consegui-la logo que começar. Primeiro você deve ficar tão relaxado mentalmente quanto puder, e atingir um estado de espírito calmo”

A seguir, gradualmente, sem perturbar essa calma, concentre a atenção abaixo do umbigo, no tanden […] isso harmoniza o coração e o sangue e estabiliza a mente.” (NAKAMURA, 1981, pg. 69).

Quando respiramos com eficiência, controlamos os nossos nervos.

Certamente você já deve ter ouvido…

“Está nervoso? Respire fundo e conte até 10”, e então você respirava fundo e ia contando e soltando lentamente o ar e acabava por se acalmar, não é mesmo?

A ‘Respiração’ vem sendo percebida com o passar dos anos e estudada como uma das funções de nosso organismo somente, no entanto, o cérebro recebe energia e oxigênio por meio de uma respiração eficiente ou não, como praticamos normalmente.

O Qi gong, segundo os chineses, é altamente eficaz na cura de doenças crônicas como Neurastenia, Hipertensão, Úlceras de Estômago, Úlceras Duodenais e de Prisão de Ventre. As três razões abaixo explicam a veracidade dessa afirmação.

  • O Qi gong acelera a recuperação da saúde: Seu método de respiração lenta leva a pessoa psicologicamente agitada a voltar a um estado mais controlável, tornando benéfico para aqueles que sofrem de neurastenia, hipertensão e úlceras estomacais.
  • O Qi gong ajuda a armazenar energias e por isso é benéfico para os que sofrem de doenças crônicas e são fisicamente fracos.
  • O Método de respiração abdominal do Qi gong massageia os órgãos abdominais e esse tipo de massagem ritmada ativa o estômago e os intestinos, estimulando desse modo o aparelho digestivo, assim, ajuda na cura do pro lapso do estômago e a prisão de ventre.

Os três métodos de Qi gong mais utilizados na China atualmente são: Fangsong Gong (Relaxamento), Qiangzhuang Gong (Fortalecimento) e Neiyang Gong (Crescimento Interior).

O Método Qi gong permite o indivíduo a se manter saudável e equilibrado mesmo em meio a um ambiente caótico.

 1-“Tu Gu Na Xin – Capítulo 1 do Zhuangzi, KeyiPian”.

2- Qi gong – (Qi – Ar, Sopro, Força Vital, Energia + Gong – Habilidade, Força) 

O Controle da Respiração é o fundamento de praticamente todas as estratégias para aliviar o estresse, desde a Yôga à Psicologia de Esportes Moderna.

Quando estamos ansiosos ou agitados, às vezes nos sentimos sem fôlego. Nessas circunstâncias, suspiramos, tentando aumentar o fluxo de oxigênio no cérebro- isso nos ajuda a lidar com a ansiedade.

Os exercícios de ‘Respiração’ há muito tempo são ensinados como elementos primordiais de vários métodos de cura e parecem ter inúmeros efeitos positivos.

A Respiração profunda pelo ‘Diafragma’ pode nos dar mais energia:

  • Diminui a fadiga mental e física.
  • Aumenta o suprimento de oxigênio e de nutrientes para as células de todo o corpo, especialmente as do cérebro.
  • Alivia a tensão sobre o coração suprindo uma maior quantidade de oxigênio.
  • Relaxa os espasmos musculares.
  • Alivia a tensão.

O Ato de respirar é controlado pelo Sistema Nervoso Autônomo (SNA) sem a nossa intervenção.

Na maior parte do tempo funciona muito bem, no entanto, quando ficamos nervosos ou ansiosos, ou mesmo, nos sentirmos ameaçados, a reação automática assume o controle como uma resposta de “Luta ou Fuga”. Com isso, os níveis de adrenalina aumentam e a respiração fica fraca, rápida e curta. Quando estamos relaxados, nossa respiração é oposta, ou seja, completa, longa e lenta. Este tipo de respiração promove a saúde e o bem estar.

As pessoas que respiram bem têm menos probabilidade de se resfriarem e geralmente possuem uma grande abundância de sangue, o que lhes permite resistirem à mudanças bruscas de temperatura.

A respiração é fundamental para manter o bom funcionamento dos pulmões e de todo corpo humano, sendo essencial para a vida.

O sangue purificado com a respiração natural, ou seja, a correta volve outra vez ao coração, rico, rubro e brilhante, carregado de propriedades e qualidades vitais.

A respiração correta gera uma série de benefícios ao organismo onde produzem pressões no ventre que atuam de forma eficiente e direta melhorando a digestão.

Também contribui para eliminar as toxinas que se formam no corpo, modificando os resíduos, equilibrando as funções orgânicas e ajudando no fortalecimento de organismos debilitados.

Estudos relatam que tornar a respiração mais lenta e profunda ajuda a acalmar e relaxar o organismo, diminuindo as batidas do coração.

Além disso, a respiração correta ajuda melhorar a elasticidade dos pulmões, mantendo um bom equilíbrio entre os gases no corpo.

Já a respiração incorreta, ou seja, a incompleta, devido à nossa ansiedade extrema, deixa de entrar em funções muitas células pulmonares, perdendo-se, desse modo uma grande parte da capacidade desses órgãos e sofrendo, pois, todo o sistema, na proporção em que se dá a falta de oxigenação.

O sangue daquele que respira inadequadamente é, naturalmente, de uma cor azulada escura, faltando-lhe o rico rubro arterial.

O sangue sai para sua viagem arterial com uma cor rubra, brilhante, rica em qualidade e propriedades vitais; volta pela estrada venosa, pobre, azul e sem brilho, carregado de detritos do sistema.

Se o sangue não for completamente purificado pelo processo regenerador dos pulmões, ele retornará às artérias em um estado ‘anormal’, sem ter eliminado as impurezas que recebeu em sua viagem de regresso.

No instante em que essas impurezas voltam ao sistema, consequentemente manifestar-se-ão por meio de alguma enfermidade, seja do próprio sangue ou outra qualquer, resultante do funcionamento alterado de algum órgão ou tecido insuficientemente nutrido.

Categorias
Bem-estarBlogrollGeralSaúdeVariedades

Criador do Neurotópicos, é Pedagogo, Neuropsicopedagogo e Estudioso de Filosofia Oriental há 30 anos, defende a prática da meditação para uma saúde física e mental plenas. Busca divulgar seu trabalho na área da educação como uma importante ferramenta a educadores.
Ainda não há comentários. Seja o(a) primeiro(a) a comentar!

Faça seu comentário no campo abaixo

*

*

ARTIGOS RELACIONADOS

  • Fisioterapia Respiratória

    FISIOTERAPIA RESPIRATÓRIA As diversas técnicas de fisioterapia respiratória são muito úteis para melhorar a função pulmonar e para favorecer a expulsão de secreções em pessoas afetadas por doenças broncopulmonares....
  • Cognitivo? Cognição? O que isso significa?

    O que é Cognitivo? Cognitivo é uma expressão que está relacionada com o processo de aquisição de conhecimento (cognição). A cognição envolve fatores diversos como o pensamento, a linguagem, a percepção, a...
  • Educação, a aprendizagem

    A APRENDIZAGEM A BASE Uma experiência resultará em um aprendizado, no entanto, para haver esta experiência é necessário que haja uma pessoa transmitindo e outra recebendo as informações. Quem...
  • Grupo de Meditação Li Yan

    Em Maio, inscrições serão abertas… para 12 alunos apenas, garanta já a sua vaga!!! Venha experienciar algo incrível e inesquecível!!! Meditação, Neurociências, Técnicas Respiratórias, Autoconhecimento… Não Percam esta oportunidade...